Vitamina D – Saiba como ela Age contra Doenças Comuns

A Vitamina D tem sido pesquisada e ganhado cada vez mais atenção por suas diversas funções no organismo. Ela é utilizada no tratamento de doenças autoimunes, como a esclerose e também pode melhorar a performance de atletas.

A Vitamina D não é produzida no corpo, portanto deve vir de fontes externas e manter-se alta durante toda a vida. Veja abaixo como você pode ter mais disposição e evitar doenças com níveis altos de Vitamina D….

Para quê serve a Vitamina D no organismo?

Apesar de ser chamada de Vitamina, a D age como um hormônio. Entretanto, o grupo de moléculas que será convertido em Vitamina D2 e D3 dependem de reações fotolíticas, ou seja, a Vitamina D só é produzida na presença de luz solar, por meio dos raios UVB que tocam a pele exposta ao sol e sem proteção.

Por isso, é importante tomar em média 15 minutos de sol nos braços ou nas pernas para a conversão e produção de Vitamina D. 

Apesar do Brasil ser um país tropical e banhado pelo sol o ano inteiro, a deficiência de vitamina D na população se torna cada vez mais comum e a maioria das pessoas tem níveis insuficientes  deste hormônio, ou pelo menos níveis limítrofes. 

Sintomas da Deficiência da Vitamina D

  • Raquitismo em crianças
  • Osteoporose em adultos
  • Diminuição da força e do volume muscular
  • Trabalhos recentes mostram que pode aumentar a incidência de câncer de vários tipos, inflamação sistêmica e danos cerebrais

Como funciona a suplementação de Vitamina D?

Atualmente as diretrizes brasileiras recomendam que a taxa de Vit D nos exames seja de pelo menos 30 ng/ml mas médicos mais atualizados pedem que seus pacientes superem níveis de 60 ng/ml para benefícios adicionais à saúde.

A suplementação pode ser feita com cápsulas de uso diário ou semanal, a depender da quantidade. Também há a opção de Vitamina D injetável para tratamentos mais expressivos ou quando a pessoa necessita de uma quantidade muito grande.

Em Quais Alimentos a Vitamina D é Encontrada?

A absorção de vitamina D pela alimentação é bem pequena e a dieta deve ser rica em peixes gordurosos de águas profundas (salmão selvagem e atum), ovos e fígado.

LEIA TAMBÉM:

5 Exercícios Para Você Emagrecer Sem Sair de Casa

Benefícios da Vitamina D alta no Corpo

  • Estimula a absorção de cálcio pelos ossos em pessoas acima de 40 anos
  • Aumenta o volume muscular em idosos
  • Diminui o risco de infecções
  • Reduz inflamação sistêmica e nas articulações
  • Melhora a qualidade da pele
  • Melhora a absorção intestinal
  • Melhora a performance em todos os esportes

Cuidados ao Suplementar Vitamina D

Se tomada conforme a recomendação, a suplementação de Vitamina D não causa efeitos colaterais. Dependendo da quantidade, será necessário tomar junto a vitamina K, conforme a orientação do seu médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.